A coluna do Pôncio – 03.01.2018


Alegadamente a Coluna do Pôncio
Têm na vossa frente a Coluna do Pôncio, invariavelmente publicada à quarta-feira, com a responsabilidade editorial, alegadamente, do Bernardino Barros.
Alegadamente é a palavra do momento.
Serve para deixar no ar a dúvida, mais que certa, de quem fez, praticou, ou perpetrou determinado acto.
Serve como escudo para os cobardes, que atiram a pedra e escondem a mão.
Serve como factor de negação, por enquanto, para quem não tem a coragem de assumir os seus actos.
Aqui, neste espaço do Batalha, tudo tem rosto, nada é feito alegadamente, antes com a firmeza e certeza, que só pondo a chancela no que escreves ou dizes, se torna credível aos teus e aos nossos olhos.
Não nos refugiamos na incerteza, no “alegadamente”, pois sempre o que aqui se escreve ou diz, terá um rosto, que assumirá, sempre, o que aqui for dito ou escrito.
Esta é a primeira Coluna do Pôncio do novo ano, que como habitualmente é da minha responsabilidade.
Os ratos serão sempre ratos mas, há ratos e ratos.
Há várias espécies de ratos.
O porquinho-da-India, vulgarmente chamado rato-chino ou cobaia, muito usado em experiências científicas de medicina e biologia. Tem utilidade.
O rato doméstico, também conhecido por rato de estimação ou topolino, é um excelente animal de estimação, pela sua interactividade e fácil manutenção. Tem utilidade.
O rato castanho, também conhecido como ratazana ou rato de esgoto, que como o nome indica vive e alimenta-se num mundo putrefacto, sendo nocivo para o meio ambiente. Não tem qualquer utilidade.

O Blog Verdade Desportiva
Nos primeiros dias do ano vieram à estampa mais gigas de emails, sobre todo o universo encarnado, alegadamente claro.
Num deles, Carlos Janela enviava, alegadamente, a informação para Luís Filipe Vieira, relatando a situação de abertura de um blog denominado
“Verdade Desportiva”, onde relatava os custos de construção, inscrição e manutenção.

O email, datado de 21 de Março de 2017, informava, alegadamente, o presidente encarnado que: “Em princípio, hoje mesmo inicia a actividade”.

Não iniciou, mas começou dois dias mais tarde, 23 de Março, com um post com o título “Desmontar a mentira dos penaltis”, curiosamente um dos assuntos versados na “cartilha”, alegadamente escrita por Carlos Janela, com a data de 23 de Março e englobada nas “Notas & Informações” da Semana 34 – 20/27 Março.

Outra curiosidade ressalta de um email, alegadamente, enviado por Carlos Janela para João Pedro Duarte, alegadamente o responsável por carregar as noticias para o blog, datada de 23 de Março 2017 com a indicação que as noticias sobre a arbitragem seriam o “destaque do dia”.

Como podemos constatar, a notícia foi mesmo destaque do blog.

Conclusão: Depois de ler a afirmação de Carlos Janela, hoje, no jornal Record, onde afirma que “o email é totalmente falso”, tenho que admitir que, se alegadamente a afirmação é verdadeira, quem inventou tudo isto, merece o Prémio dos Inventores de 2018.
Quem não se sente…
… não é filho de boa gente. Pelo menos é o que se costuma dizer, quando se levantam suspeições em relação a algumas pessoas.
No mesmo email que alegadamente foi enviado por Carlos Janela, eram revelados alguns colaboradores/informadores, ligados, alegadamente, a alguns órgãos de comunicação social, não pelos nomes próprios, mas, alegadamente, pelas respectivas iniciais e com os montantes com que, alegadamente, seriam contemplados pela sua cooperação.
As iniciais, deram inicio à curiosidade, mórbida, de arranjar rostos e nomes que correspondessem aos visados, começando as sugestões a aparecer nas redes sociais.
Não sei se correspondem ou não, conheço todos os alegadamente “convidados” do Carlos Janela para colaborarem/informarem no blog, e cheguei a trabalhar com alguns deles.
Como diria o meu amigo Asdrúbal: “não apostes, mas ateima”.
Ou seja, duvido que alguns dos nomes, alegadamente, envolvidos estão a ser injustamente atacados e envolvidos em situações que não os imagino a praticar, mas às vezes há razões que nos escapam.
Alguns deles já negaram a envolvência, outros viram a sua entidade patronal repudiar a envolvência dos seus profissionais, prometendo que a situação acabará na barra dos tribunais, como seria de esperar.
Quem, alegadamente, envolve os jornalistas em situações escabrosas, deveria ter uma atitude mais proactiva em relação a isto.
Afirmando com veemência que não convidou e que ninguém colaborou, com o seu blog.
Até porque uma coisa é verdade e ainda não vi escrito ou referido em lado nenhum: o blog só esteve activo escassos 13 dias (23 de Março a 5 de Abril), porque começaram a circular rumores nas redes sociais que, alegadamente, o autor do blog tinha o rosto de Carlos Janela.
Como o email é falso, deve-se concluir que o blog nunca existiu, e que Carlos Janela não tem nada a ver com esta situação.
Gostaria de ter o estômago de algumas figuras, para mentindo com quantos dentes tem na boca, mesmo depois dos implantes, continuar a dar a opinião de cara levantada e com a maior desfaçatez.
Carlos Janela é o principal culpado pela nódoa que caiu e cai sobre os jornalistas visados no email.

“Do mal não pode nascer o bem, assim como um figo não nasce de uma oliveira: o fruto corresponde à semente.”


Um abraço, alegadamente, do
Bernardino Barros

Comentários

Comentários

1 thought on “A coluna do Pôncio – 03.01.2018

  1. Será possível esclarecerem qual é a sanção em que pode incorrer a organização mafiosa SL Benfica?
    Tem sido referida uma “descida de divisão”. Por outro lado, é referida uma sanção prevista no regulamento disciplinar (artigos 53 ou 55) de “exclusão da competição”.
    Ora isto não é a mesma coisa: exclusão é muito mais grave (penso que será mesmo a mais grave), e que não é de “simples” descida de divisão!
    Obrigado.
    Abraços
    Miguel Costa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *