“A Bola”? Nem para embrulhar a xaputa

Poderíamos adjectivar a canalhice que o pasquim da queimada, resolveu fazer com as palavras de Sergio Conceição (SC), mas ainda existe neste site um certo decoro no uso do vernáculo portuense.

Palavras inventadas. Nem deturpadas ou truncadas, são simplesmente, inventadas. Nunca em momento algum o SC afirmou que havia crise nos encarnados. O pior é que quem assina a noticia, Carlos Vara, é useiro e vezeiro em “colar” noticias patrocinadas. Objectivo conseguido, quando no mesmo dia se pede uma reacção a Rui Vitória, que sem saber que a invenção partiu do chefe de redacção do Porto, respondeu a uma afirmação, que não existiu.

Para que servem os editoriais de director e sub directores do pasquim da queimada, a apelar ao bom senso, à verdade e paz no futebol, quando, com estas noticias inventadas por encomenda, são os próprios a incendiar o ambiente do futebol? Que dizer sobre este vómito jornalístico, quando no mesmo dia o presidente da FPF opina sobre os “incendiários” do futebol português? Vai o Dr. Fernando Gomes, esquecer mais este acto incendiário de um pasquim ao serviço do clube do regime?

Sindicato dos jornalistas, ERC e Comissão da Carteira, têm alguma coisa a dizer deste atropelo de um jornal (!!!!), que para além de inventar entrevistas, inventa afirmações de agentes do futebol. Vão continuar a eximir-se das vossas responsabilidades de garante do código deontológico?

Mas a maior desfaçatez do pasquim da queimada, ocorre na sua edição de hoje, onde para além de não transcrever as palavras de SC na flash e na sala de imprensa, ignora as palavras do treinador do FC Porto ao Porto Canal. Se fosse de “fonte oficial” do clube de carnide, transcreviam certamente.

Pobre Bola, o que foste e o que és, um monte de folhas que nem sequer serve, para se embrulhar umas boas postas de xaputa.

Coro das Velhas

Como habitualmente surgiram os paladinos da verdade e isenção, preocupados que, com a atitude de SC, os adeptos e simpatizantes do FC Porto, ficaram privados de ouvir as considerações do técnico portista sobre o jogo.

Descanse-se o “coro das velhas”, pois quem quer saber com rigor, o que diz o treinador portista para o mundo do Dragão, existe o Porto Canal, que transmitiu para todos as palavras de Sérgio Conceição.

PS: O que se escreve sobre o jornal, estende-se aos outros “avençados” do regime lampiânico como o Mais Futebol e a TVI.

 

 

 

Comentários

Comentários

5 thoughts on ““A Bola”? Nem para embrulhar a xaputa

  1. Enquanto não fizermos como nos bons velhos tempos do nosso grande presidente pura e simplesmente proibir toda essa seita de jornalistas rascas de entrar no NOSSO ESPAÇO ISTO NÃO ACABA NUNCA.

    Naquele tempo isso acontecia agora em tempo de SAD parece não ser possível temos que ao menos nos nossos espaços desmascara-los sempre sem dó nem piedade .

    FORÇA MUNDO AZUL E BRANCO,QUANDO ALGUÉM SE ATREVER A SUFOCAR A NOSSA VÓS TEM QUE LEVAR CONOSCO.

    SAUDAÇÕES PORTISTA.

  2. Enquanto não fizermos como nos bons velhos tempos do nosso grande presidente pura e simplesmente proibir toda essa seita de jornalistas rascas de entrar no NOSSO ESPAÇO ISTO NÃO ACABA NUNCA.

    Naquele tempo isso acontecia agora em tempo de SAD parece não ser possível temos que ao menos nos nossos espaços desmascara-los sempre sem dó nem piedade .

    FORÇA MUNDO AZUL E BRANCO,QUANDO ALGUÉM SE ATREVER A SUFOCAR A NOSSA VÓS TEM QUE LEVAR CONOSCO.

    SAUDAÇÕES PORTISTA.

  3. Enquanto não fizermos como nos bons velhos tempos do nosso grande presidente pura e simplesmente proibir toda essa seita de jornalistas rascas de entrar no NOSSO ESPAÇO ISTO NÃO ACABA NUNCA.

    Naquele tempo isso acontecia agora em tempo de SAD parece não ser possível temos que ao menos nos nossos espaços desmascara-los sempre sem dó nem piedade .

    FORÇA MUNDO AZUL E BRANCO,QUANDO ALGUÉM SE ATREVER A SUFOCAR A NOSSA VÓS TEM QUE LEVAR CONOSCO.

    SAUDAÇÕES PORTISTA.

  4. Mas nada impede o FCP fazer uma lista de “personas non gratas” e plantá-la à entrada do Dragão… e até publicá-la na sua Revista Dragão e no site para que se dê nome a esses meliantes e os sócios e adeptos saibam de quem se fala, pois esses energúmenos têm registo num cartão de cidadão que nem o merecem! Saudações Portistas.

  5. Meus caros, temos uma imprensa ‘nacional’ provinciana. Seguem cegamente aquela maxima de ‘Portugal é Lisboa e o resto é paisagem’ Temos que fazer ver a esses provincianos que Lisboa está muito atrasada em relação ao resto do país. Alguém tem que dizer a esses parolos que a mentalidade 3′ mundo deles já não é aceite pelo resto do país. Do Algarve ao norte de Portugal. Continuem o vosso excelente trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *